Baixe e conheça o nosso Aplicativo Uirapuru

Na quinta-feira, dia 10 de setembro, o Colégio Uirapuru recebeu aproximadamente 300 pessoas entre pais, filhos e familiares para participarem do evento Papel de Pai, Papel de Filho 2015. Neste ano, o evento abordou temas atuais como o uso excessivo dos smarthphones no dia a dia de crianças e adolescentes. O Diretor Arthur Fonseca iniciou o evento apresentando os participantes da mesa e falando sobre a importância deste acontecimento anual. “Esse encontro nos permite entendermos e discutirmos problemas e dificuldades que a modernidade no traz. É algo novo, precisamos unir escola e família para encontrar as melhores maneiras de tratar destes assuntos”, explica Arthur. Ele ainda citou uma frase da Especialista em Educação, Maria Inês Fini que diz: “Uma boa escola deve contar com as famílias, mas não podemos nunca trocar as funções.”

O jornalista Camilo Vannucchi fez uma apresentação sobre o crescimento do uso do aparelho celular e mostrou os riscos que as mídias sociais representam. Segundo Vannucchi, 70% das pessoas com menos de 30 anos leem as notícias por meio das mídias sociais. Segundo ele, passamos por uma evolução na comunicação, primeiro as notícias foram impressas, depois veiculadas por imagens ao vivo e hoje, os conteúdos são publicados em redes sociais. O jornalista acredita que o mais importante é que se entenda a responsabilidade que um cada deve ter ao postar algo. Para a mãe Patrícia Pinto é importante estabelecer limites, ela acredita que a educação cabe aos pais. Patrícia é mãe de dois alunos adolescentes e é contra o uso o celular dentro de sala de aula. Pai de duas alunas, Roberto Sampaio é a favor do equilíbrio. Segundo ele, suas filhas usam as mídias sociais em casa. Sampaio alerta para que elas tenham responsabilidade ao usar esta ferramenta, para ele é dever dos pais fazer o alerta sobre isso.

O professor de História Maurício Mafra conta que não possui perfil em redes sociais e que os alunos o cobram muito por isso. Mas ele ainda acredita ser muito importante o “olho no olho” dentro de sala de aula. Mafra citou também a importância da mobilização dos jovens por meio das mídias sociais, como nas manifestações de 2013 em que milhares de brasileiros saíram às ruas para cobrar melhorias em nosso país.

O Diretor Arthur Fonseca encerrou a mesa agradecendo a participação de todos e falando que o Colégio Uirapuru precisa conviver com as divergências, mas assumir posições diante de determinados assuntos. “É importante trabalharmos sempre juntos, escola e família. Mas é imprescindível que os pais confiem em nosso trabalho”, finaliza.