Baixe e conheça o nosso Aplicativo Uirapuru

Colégio Uirapuru já adota ferramentas para ampliar conhecimento dos alunos 

Um dos grandes desafios da escola nos tempos de hoje é propor ao aluno opções efetivas de aprendizagem. Este trabalho deve ser estudado e pensado por coordenadores e professores para que a proposta pedagógica da escola esteja alinhada e, assim, o aprendizado seja atingido de maneira eficaz. Há alguns anos, a coordenação do Colégio Uirapuru busca novidades e traz para a escola ferramentas digitais que facilitam a integração entre alunos, professores e pais, incorporando conteúdo de qualidade à sua proposta pedagógica e estabelecendo conexões globais e agilidade na produção de tarefas e projetos.
Atualmente uma das plataformas mais utilizadas pelo Colégio Uirapuru é o Google For Education. Direcionado pela Tecnologia de Educação do Colégio, este sistema trouxe uma verdadeira revolução ao conectar salas de aula, grupos de estudo, correções em tempo real e disponibilização imediata de conteúdo. Neste ano, os alunos iniciam o trabalho com as plataformas Khan Academy e CK12. O Khan Academy tem como objetivo aperfeiçoar o aprendizado dos alunos de todas as idades. A plataforma traz conteúdo de Matemática, Ciências, Engenharia, Economia, Finanças e Computação.  “No Khan, o aluno acessa conteúdos e exercícios selecionados pelos professores e, de maneira autônoma, estuda e realiza as tarefas, tendo a possibilidade de verificar suas dúvidas, acertos, acessar vídeos ou dicas para auxiliá-lo na compreensão dos problemas", explica Andréa Vazatta, coordenadora do Ensino Fundamental I.
Cláudia Mortara, assessora de Matemática do Colégio Uirapuru, acredita que com estas plataformas o professor ganha um grande aliado. Além de selecionar o conteúdo mais adequado, exercícios direcionados, ele também consegue acessar relatórios e intervir no desenvolvimento de cada aluno.
A próxima etapa será a aplicação da plataforma CK-12 com recursos educativos em várias disciplinas e planos de estudo personalizados para todos os alunos da educação básica. "Nossas crianças são nativas digitais. Trazer essas plataformas nos auxilia na ampliação de repertório e instiga a curiosidade", conclui Maura Bolfer, coordenadora do Colégio Uirapuru.